domingo, 15 de junho de 2008

Na pediatra

Eu - Pois, agora temos um problema que me tem aborrecido imenso e não sei como o resolver
Pediatra - Então diga lá
E - Chora imenso a andar de carro
P - (calada)
E - Chora desalmadamente, como não chora por nenhum outro motivo
P - (calada e a olhar para mim)
E - Já não sei o que fazer, para fazer um percurso pequeno tenho que parar várias vezes para o acalmar....
P - (calada, a olhar para mim e com um ar estupefacto)
E - É que chora mesmo com lágrimas e chora até lhe faltar o ar
P - (calada, a olhar para mim e com um ar ainda mais estupefacto)
E - Não sei mesmo como lidar com isto... (já um pouco incomodada com o olhar dela)
P - Não percebo o seu problema: deixe-o chorar.

Ah...... pois.......

9 comentários:

MariaVicente disse...

vais à mesma pediatra que eu de certeza, a minha tb responde assim. e nós aflitas a contar a nossa tragedia de viagens e essas cenas, e eles na boa.
beijinho e espere que melhorem as viagens.

Maria José disse...

Estes médicos são mesmo doidos.
Espero que melhorem as viagens.
bjs

Anónimo disse...

Muito booooommmmmmmmmmm!!

Espero que na viagem de regresso já não tenhas parado... ;-)

pat07 disse...

:) o problema é nós conseguirmos deixá-los a chorar ...
Uma beijoca

free browny disse...

lol

realmente é comlicado é

mãe pimpolha disse...

Eu adoro os teus posts, nem sei porquê. Dão-me sempre vontade de rir, talves seja da forma como tu escreves.

Paula disse...

Pediatras... Vê-se mesmo que não percebem nada de corações de mãe...

carla disse...

eu disse-te o mesmo que a pediatra... podias ter poupado uns trocos...

carla disse...

eu disse-te o mesmo que a pediatra... podias ter poupado uns trocos...