sábado, 8 de novembro de 2008

Wake up call

Hoje fomos inscrever o Vicente na natação.
Em um Health Club todo modernaço.
E depois fomos às compras, comprar fraldas para pisina, ver fatos de banho para mim, sacos para levar a tralha toda, tirar fotografias para o cartão de sócio, etc.

E quando estávamos a enfiar tudo no carro, uma senhora aproxima-se de nós.
Tinha pensos rápidos nas mãos e sotaque de leste.
Nem a ouvi, disse logo "não, obrigada".

Mas depois ela viu o Vicente.
E viu o saco com as coisas dele.
E disse que não queria dinheiro.
Que tinha uma filha de um ano e meio.
E que a filha tinha o rabito assado, quase em ferida.
E pediu-me 3 ou 4 toalhitas para lhe limpar o rabo.

Nunca ninguém me tinha pedido tão pouco.
E quando lhe dei a embalagem inteira de dodots que tinha comigo, ela voltou a olhar para o Vicente.
E perguntou-me se as toalhitas não faziam falta ao meu bebé.

19 comentários:

Mãe da Tiz disse...

Ai que aperto que senti no coração...

beijos***

Maria Vicente disse...

e olha que esse tipo pessoa até costuma ser arrogante muita das vezes. por ela ter pedido tão pouco é porque precisa mesmo.
fizeste bem em dar. custa tanto saber que outros bebes não teem nada e os nossos tanto.
beijinhos.

mãe pimpolha disse...

Xiça, até custa saber dessas coisas.
Boas aulinhas.
Beijocas!

Vera disse...

Senti-me tão triste a ler este post!!:(
Boas aulas
Bjs

Simplesmente Maria disse...

É uma triste realidade. Nós infelizmente já estamos tão saturados e com tanto receio que muitas vezes deixamos de ajudar quem muitas vezes precisa. Bjc

Edith disse...

Doi - me tanto pensar que por esse Portugal fora ( para não falar do mundo) há crianças e mães que sofrem porque não têm dinheiro, comida, conforto, casa etc para dar aos seus filhos; às vezes quando me sinto feliz penso como posso ser feliz se existe tanta infelicidade e injustiça por ai....

Márcia - oeiras disse...

ui.
esse post faz pensar.
temos tantas coisas para nossos filhotes que nem imaginamos que algumas crianças não tem nem um pacote de toalhitas.
grande gesto o seu.

Ana e Duarte disse...

A vida é mesmo muito cruel... saber que muitos bebés nem toalhitas têm... Parece que só nos lembramos destas pessoas em alturas como o natal, mas o certo é que sofrem o ano todo... ás vezes sinto que devia ser mais solidaria... se tivesse sido comigo eu tb lhe daria as que tivesse na embalagem...

beijinhos

Ana e Duarte

http://comodakiaoceu.blogs.sapo.pt

Maria José disse...

Aí amiga até se me partiu o coração, que triste.
Boas aulinhas a natação é mesmo muito boa para os bébe´s e nós estamos a adorar
bjs

Isa disse...

è dificil saber que isso acontece! Ate custa!

beijinhos

Tita disse...

Oh..........
É nestas alturas que uma pessoa vê que os nossos filhos têm tudo! E nós sempre a querer dar mais porque achamos que ainda é pouco para eles!

Dá que pensar, dá mmo...

Bjocas

Lipa disse...

Infelizmente histórias destas é o que não falta por este mundo fora, onde uns têm tudo e outros ficam-se pelos sonhos... Quando posso ajudar alguém também o faço e no teu lugar faria o mesmo. Beijitos e boas aulinhas!

Vânia disse...

Ah coisas horriveis...e nós(pelo menso falo por mim) dizemos logo que não...é horrivel....e as vezses querem tão pouco....
Fiquei c as lagrimas nos olhos!!!:)

jinhos,

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá mamã, fiquei sem palavras...
Beijinhos gordinhos,Sofia,Pedro e Joana

pat07 disse...

... a vida é bem dificil.às vezes estamos estão concentrados na nossa vida que nem olhamos para o lado... E agora que somos mamãs a sensibilidade ainda é maior, pelo menos no meu caso.

Mamã Canguru disse...

Puxa, estas situações partem me o coração! Fico logo milindrada!

bjuxs

Mara disse...

Até me vieram as lágrimas aos olhos... e o mais incrível é que por vezes dão-se "coisas" às pessoas de que elas na verdade não precisam... Digo isto por experiência própria... dá-se dinheiro, por exemplo, a pessoas que não o sabem gerir... e às vezes é mesmo o pacote de toalhetes que está em falta.
Beijinhos

Marisa disse...

Bolas.. destas custam bastante a "ouvir".. :S

Imagino como te sentiste..

Jokas

Marisa & Vasco

© Tété £ Xavier disse...

Faz-nos pensar não faz?! E dói muito saber que existem muitas mães que não têm nada de comer para dar aos filhos...
Beijos
Tété & Xavier