sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

As crianças não têm pressa

Não são como nós.
O relógio é só uma coisa gira para brincar.
Não entendem porque é que não podem ficar a fazer arranha-céus na banheira "só mais um bocadinho".
Porque é que não podemos brincar às escondidas debaixo do édredon antes de nos vestirmos.
Porque é que o leite tem que ser bebido "num instante" e porque é que a televisão se apaga antes das histórias do Faísca e do Mate terminarem.
As crianças não têm pressa.
Não conseguem entender os nossos suspiros quando já dentro do carro nos dizem "mamã quero fazer xixi".
Baixam a cara quando pedem para ir pelo "caminho dos tractores" e nós dizemos que temos que ir pelo mais rápido.
O passo apressado até à porta do colégio.
Os beijos de despedida.
"Mais um beijo mamã", "Só mais um que o carro está mal estacionado".
As crianças não têm pressa.
Não entendem a correria dos finais de tarde.
As horas dos banho de um e de outro e ainda de outros.
Os jantares a terminarem de fazer, "mamã brinca comigo".
Não entendem porque é que as motos que desenhamos "não tem o senhor em cima".
E nós voltamos a correr e desenhamos o senhor.
Não entendem porque é que nos esquecemos do capacete do senhor.
Enfiar a colher de sopa a uma e correr atrás dele pela casa na brincadeira.
"Mamã, estou aqui. Não me vens apanhar?"
As crianças sem pressa não entendem que as brincadeiras têm um fim.
Não entendem que a hora de ir dormir é a hora de ir dormir.
"Quero brincar só mais um cadinho....", "Mas só mais 5 minutos".
As crianças não entendem o que são 5 minutos.
As crianças não têm pressa.
E amanhã, Vicente, prometo-te que não vou ter pressa.

5 comentários:

Neusa disse...

Just love it the text

AndreiaA disse...

Não é justo escreveres isto, tá??
Ficamos a pensar (naquilo q fingimos esquecer) que estamos sempre com muita, muita pressa. E que nem sempre damos a atenção necessária...
Agora vou ali reflectir um bocadinho.
Bjs

Sofia disse...

Pois. Como te compreendo.
Bjos

As Mini-Gajas disse...

E por vezes nós não entendemos que também temos que nos esquecer que temos pressa. :) Bjs

Mara disse...

Excelente texto e excelente reflexão... dá mesmo que pensar...
Beijinhos