terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Pura poesia

No Domingo o Vicente acordou às 9h da matina aos berros que queria ver o nascer do sol.
Lá lhe expliquei que já não dava que agora só no dia seguinte, bla bla bla.
E ele gritava com o sol: "Volta para trás!!!! Volta que eu quero ver-te nascer".
E eu: "Não dá, o sol só consegue andar para a frente".
Ele:"Porquê?!?!?! Não tem marcha-atrás?!?!"

Não, não tem.
E por isso ontem, segunda, às 6 e picos da manhã o Vicente volta a acordar a dizer que queria ver o sol a nascer.

Lá abrimos a janela.
Noite serrada.
Esperamos, esperamos e esperamos.
Muito abraçadinhos, com muitos beijinhos e abraços pelo meio.
"És querida" e "gosto de ti" e "és a minha princesa".

Ver o nascer do sol com o Vicente foi, sem duvida, um momento fantástico.
 Mas ficará para sempre marcado pelo momento em que ele olhou para o céu cheio de nuvens e me disse:
"Mãe, há uma diarreia de nuvens no céu..."


Aqui está a diarreia...

10 comentários:

Sofia disse...

LOOOOOOOOL
Muito bom!

batata-frita-mãe disse...

Hilariante :)

Francisco Rocha disse...

Temos que alterar a periodicidade destas crónicas sobre o Vicente, por forma a ter uma actualização mais frequente das suas aventuras. Estou certo que não nos deixará de surpreender ainda mais...

Maria de Lurdes disse...

Realmente, que momento idílico!
:DD

Francisco Rocha disse...

Boas Festas... muitas prendas.

Imyself disse...

Temos poeta! Sem dúvida!...

Savannah disse...

Lindo!

sofia costa disse...

Aiii, demais!!! O Vicente tem cada saída...

free browny disse...

he he he muito muito bom!!

Rafael Santos disse...

Parabéns pelo seu blogue! Conheci-o depois de ter conhecido o seu livro. Parabéns e continuação de bons posts e felicidades para os filhotes.