terça-feira, 3 de maio de 2011

Ter sempre a última palavra

Ontem à noite convenci o Vicente a ficar sozinho, de porta aberta, até adormecer, com o compromisso de, qualquer coisa, ele me chamar e eu ir logo.
Claro que foi um filme.

"MÃÃEEEEE, quero uma história de tambores".
"MÃÃEEEEE, quero água".
"MÃÃEEEEE, tapa-me os pés".
"MÃÃEEEEE, dá-me um beijo".

Sobe escadas, desce escadas.
O meu grau de irritação a aumentar.

"MÃÃEEEE, abre as cortinas."

E eu: "Vicente, se me voltas a chamar fecho-te a porta e ficas aqui sozinho e de porta fechada, entendeste?!".
Ele: "Sim".

Ainda eu não tinha passado da porta....
"MÃÃEE... cuidado com as escadas".

7 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

:D

Maria Vicente disse...

lindo, só mesmo esse doce se lembraria de rematar assim.
beijoca

Sofia disse...

LOOOOOL
Esse puto...
Bjs

persiana disse...

Quem me dera a mim conseguir ganhar uma batalha como essa!
mas ele esteve bem!!! heheheh

disse...

Um querido ... hehehehe =D

marta disse...

A Leonor é igual!

abspinola disse...

O meu Piolho num minuto consegue pedir 5 coisas ao mesmo tempo...

ate que paro e pergunto...
- Afinal o que queres?

são tão lindos